Como foi voar de executiva com a Avianca Brasil » Latitude Infinita
Latitude Infinita
RESERVE SEU HOTEL
SEGUROS VIAGEM
DESCONTO AIRBNB

Como foi voar de executiva com a Avianca Brasil

Se você é uma das pessoas que comprou a passagem pela Avianca Brasil e ficou com medo por causa da recuperação judicial deles, eu vou te contar como foi voar com a empresa no final de Dezembro/2018, mais especificamente dia 21 de Dezembro. Vamos lá?

Dessa vez pegamos a classe executiva para irmos até Nova York. Vale dizer que sempre procuramos promoções que fiquem em conta para os destinos que desejamos e em muitos casos conseguimos valores bons. Lembre-se sempre que você precisa ficar de olho nas passagens, para aproveitar as promoções e saber se um valor é baixo ou alto para a temporada da viagem.

A Classe Executiva das companhias aéreas te dão o direito de aproveitar a sala VIP. No nosso caso, como estávamos saindo de GRU (Aeroporto Internacional de São Paulo), existem duas salas vip’s que você pode utilizar por lá, mas a que eu recomendo – fortemente – é a do terminal 3. Ela é do grupo Star Aliance, do qual a Avianca faz parte, porem o atendente no guichê da companhia não citou essa sala vip, apenas a outra que é bem ruizinha. Então, segue a minha e vai na do Terminal 3, combinado?

Sala VIP: Terminal 3

Essa sala VIP para mim foi uma das melhores, principalmente por conta das opções de comida, que realmente foram boas. Sim, você comerá e beberá ali dentro de graça, já que você pagou sua passagem como classe executiva, mas caso você não esteja na executiva e queira aproveitar a sala Vip é possível viu? Custa 70 dólares por pessoa e o único empecilho é caso a sala esteja cheia. Ah! Para acessar essa sala vip você precisa subir a escada rolante logo no começo do terminal 3.

Voando de AVIANCA: São Paulo a Bogotá

Começamos no voo da Avianca. Tivemos um pequeno imprevisto de estarmos separados, mas foi resolvido dentro do voo. Conseguimos a gentileza de trocar de lugar e sentamos um ao lado do outro. O assento estava em boa conservação, nada fora do lugar nem descolando. O que sinceramente é algo ótimo de se ver, já voamos em outras companhias que tinham algum item descolando e a sensação que passa não e tão legal.

O voo saiu às 16:40 com duração prevista de 6 horas. Então tivemos um jantar e um lanche da tarde dentro do avião, falei sobre a comida mais a frente.

Quando você voa nessa classe executiva, você recebe dentro do avião um amenity kit, que nada mais é que uma necessaire com itens para sua viagem. Nele você tem desde escova de dente e pasta, a cremes para mão. Abaixo eu te mostro quais foram os itens entregues pela Avianca Brasil. Sim, há diferença entre o amenity kit da Avianca Brasil para Avianca Colombia.

Necessaire + Escova de dente + Pasta de dente + Tampa olhos + Protetor auricular.

Vamos falar da comida?

Entrada: Ceviche de banana da terra com leite de coco acompanhado de mix de lulas e Camarões.

Minhas considerações sobre o prato: sublime! O sabor da banana da terra com a Lula e o camarão criou uma composição de sabores na boca de impressionar. Sem tirar que tinha cebola roxa (típica de Ceviche) que deu todo o ‘tchan’ necessária no prato.

Prato principal: Boeuf bourguignon com milho de açaí acompanhado de arroz com brócolis.

Minhas considerações do prato: comi tudo e adoraria repetir! O molho estava saboroso e com gostinho da carne. Eu estava com receio de ter gosto forte de açaí, mas vou te dizer que não senti nenhum sabor disso. O prato acompanhava também champignon (que é algo que os bourguignon tem) estavam super gostosos e com o sabor do molho. O arroz? No ponto certo, o que sinceramente é algo raro dentro de um avião viu. O brócolis era pequenininho, o que ajudou no prato a não dominá-lo.

Existia outra opção de refeição, porem eu pedi a que eu fiquei realmente tentada a comer. Dessa forma você só verá uma opção por aqui, nos próximos voos tentaremos cada um pegar uma opção, ai você terá uma ideia melhor sobre, combinado?

Sobremesa: sorvete! Eu não achei nada demais, então nem merece ser visto no hall da fama das fotos.

Uma hora e 15 antes de pousarmos o lanche foi servido. Vale lembrar sempre que pode ser janta e lanche ou almoço e lanche, tudo dependerá do horário do seu voo e também da quantidade de horas dentro do avião, ok?

No nosso caso foi uma quiche de queijo e presunto que está boa e um suco. Na realidade a bebida podia ser até champanhe, você é quem decide. Eu como adoro um suco de laranja, nunca perco a oportunidade de beber um.

Precisamos falar sobre o atendimento

Eu realmente espero que esse texto chegue até a Avianca, pelo simples fato de que o comissário Tharcizio (não gente, eu não tirei foto dele. Acho invasivo tirar foto das pessoas sem autorização) fez da viagem uma experiência. Normalmente os comissários são ok e até alguns simpáticos, mas Tharcizio foi além sabe? Ele é aquele tipo de pessoa que está sempre sorrindo e te faz querer sorrir também. Foi durante todo o período da viagem, desde a entrada da aeronave até a saída, atencioso, simpático e muito atento. A sensação que dava era que ele já sabia o que eu queria antes mesmo de eu pedir algo, praticamente um mestre dos magos da aviação.

Caso esse texto chegue a você Tharcizio, meus mais sinceros parabéns pelo seu profissionalismo e pelo profissional incrível que você se mostrou ser. Ficamos realmente impressionados e já colocamos você como baliza para todas as próximas viagens. Padrão Tharcizio.

Agora se você aí tiver o prazer de voar com ele, posso te garantir que sua experiência será impecável, como foi a nossa. Já o queremos dentro de um potinho.

 

O segundo voo: sim, teve conexão!

 

Nosso voo foi GRU – BOG – JFK (São Paulo – Bogotá – Nova York). O que já te explica o motivo da conexão. Paramos em Bogotá para trocar de aeronave, mudar os comissários e também a companhia. Sim, por mais que seja o grupo Avianca, o Avianca Brasil e Avianca Colombia são empresas distintas e consequentemente, a recuperação judicial não tem relação com a da Colombia. Dessa vez a aeronave era um 330-300 com uma configuração antiga e as posições das poltronas da forma tradicional.

No aeroporto de Eldorado foi bem tranquila a passagem. Nesse aeroporto, como estávamos em conexão, só passamos por raio-x, não foi necessário passar pelos agentes federais do país. Em compensação foi a primeira vez que uma companhia aérea pediu para ver o meu ESTA (tenho dupla cidadania e só preciso do ESTA para entrar nos Estados Unidos), o que sinceramente fiquei bem intrigada para entender o motivo. Não tivemos nenhum problema na chegada aos Estados Unidos, então só tive a impressão de ser uma nova regra solicitar o documento. Sempre bom tê-lo guardado nos documentos, nunca se sabe se alguém vai solicitar.

Perceba a cara de cansada hehe

Ficamos bem na frente, 1D e 1E. Esse assento tem seus pontos positivos e negativos.

  • Os positivos são: espaço maior ainda de pernas, primeiros assentos o que significa que saímos primeiro.
  • O ponto negativo: como são os primeiros assentos as pessoas tendem a ficar transpassando por ele.

Mas depois de decolar esse ponto negativo desaparece, já que ninguém mais fica passeando pelo avião. Nesse voo eu infelizmente já estava bem cansada e acabei dormindo quase que por todo o momento. Sim, eu só dormi e não comi nem interagi com os comissários de bordo.

Nesse ponto é que chegamos a outro diferencial da Classe Executiva, os assentos são reclinados a 180º, o que facilita e muito a uma boa noite de sono (na medida do possível).

No quesito Amenity Kit a Avianca Colombia esta de parabéns. Esse, diferente do primeiro, veio em uma necessaire da Tumi com diversos itens ótimos dentro. O que tinha? Protetor de olhos, protetor auricular, creme L'occitane de mãos, pasta e escova de dente e protetor labial. Ah! sem esquecer a amiga meia, que sim, vem uma meia para você tampar o seu pé hehe.

Nossa viagem foi para Nova York e os próximos textos aqui no blog serão sobre lá. Caso você tenha alguma dúvida sobre o destino final ou sobre o voo em si, não deixe de comentar, combinado?

Ah! E não esqueça de se inscrever no nosso canal no Youtube. Por lá, postaremos todos os vídeos dessa viagem incrível que fizemos. Que por sinal já temos dois vídeos, o primeiro chamando vocês para a viagem a Nova York e o segundo sobre alguns fatos curiosos de Nova York.

Outro item importante: Nós temos alguns descontos pelo Blog, então acesse os descontos do Latitude Infinita para ficar por dentro de tudo e pagando mais barato. 

Planilha Financeira para começar 2019
Produtos de Beleza para usar no Inverno
Check List: mala de viagem

Receba as novidades antes

2 comentários
  • Lívia

    Fiquei com vontade de experimentar as comidas hahaha

    Responder
    • Aline Kamiji

      Hahahaha sei como. O ceviche de banana estava sensacional 🤪 não só no gosto como na foto hehe

      Responder