5 Perguntas sobre Intercâmbio Estudantil (Parte 2)

As primeiras 6 perguntas sobre Intercâmbio Estudantil já lhe deram um bom direcionamento quanto a conversar com a agência de Intercâmbio. Nessas outras 5 perguntas você irá questionar e se assegurar sobre os valores, documentações e resolução de problema quanto a casa de família, sobre a agência e vistos.



Perguntas sobre Intercâmbio

Se você ainda não leu a primeira parte desse post, recomendo que além desse post, você também leia o primeiro. As perguntas se complementam e irão lhe auxiliar quanto ao Intercâmbio.

Casa de Família e/ou Dormitório Estudantil

Essas duas modalidades de estadia são as mais utilizadas. Porem, vale de ressalva que em qualquer um dos casos, você precisa saber o que lhe espera e principalmente, como proceder. No meu intercâmbio, fiquei em casa de família e a experiência foi muito boa, porem você tem que lembrar que ficar em uma família boa é uma roleta russa. Não necessariamente todas as famílias vão ser maravilhosas, então tenha noção disso.

1. Tem algum documento de pré-análise da casa de família e/ou dormitório estudantil?

Em muitos casos as escolas solicitam que você preencha um documento com suas informações assim que você fecha o contrato. As agências são o meio de contato entre você, a escola e a moradia. Por causa disso, a agência não tem qualquer tipo de controle quanto aos donos da casa e/ou a opção de escolha.

Nesse documento você consegue filtrar uma boa parte dos possíveis perrengues. Se você for vegano ou vegetariano, por favor, informe isso nesse documento. Principalmente se você vai solicitar as refeições na casa. Se você tem alguma alergia alimentar, intolerância ou qualquer preferência, informe nesse documento também. Eu tenho alergia a proteína do leite (as vezes ela aparece, as vezes não hehe) e informei isso no documento, para que não acabassem comprando leite de vaca antes de chegar na casa.

Também coloque se você tem preferência para uma casa sem animais e sem crianças. Essas opções estão nesse documento e caso você não informe pode acabar caindo em alguma casa com ambas as opções. Pergunte sobre quartos individuais!! Eu vou te dizer que para mim foi maravilhoso ficar em um quarto individual, conseguia estudar todo dia depois da aula.



2. Caso você tenha algum problema com a casa de família ou dormitório, como funciona para realizar a troca de local? 

Vou te dizer que essa é uma das perguntas mais importantes que você deve fazer para a agência. Eu não tive problemas, como já informei. Porem amigos meus, da escola, tiveram vários problemas com as casas de família e os dormitórios estudantis. Alguns desses problemas eram em relação a alimentação (e as alergias e preferências que eles não informaram), como também com as pessoas que moravam no local (na casa e no dormitório). Então, já tenha anotado como você deve proceder, caso queira trocar de moradia ou cancelar a alimentação e ter seu dinheiro de volta.

Se você for ficar em casa de família te recomendo pegar apenas o café da manhã. Lembre que as famílias que aceitam estudantes, normalmente trabalham muito e essa é uma forma de segunda renda. Desse jeito a probabilidade de você comer algo do dia anterior é considerável.

Almoço você comerá perto da escola. Principalmente se você tiver escolhido uma escola que tenha aulas no período da tarde. Jantar, você pode comprar alguma coisa e esquentar no microondas ou qualquer comida do supermercado.

Porem, se você não tiver nenhum tipo de problema em comer comida de ontem, requentada ou coisa do gênero. Veja o valor que cobram para a inclusão dessa alimentação e se for em conta, opte por isso.

Sobre a Agência, Valores e Vistos

3. Pergunte se a agência tem alguma filial na cidade que você vai e/ou algum agente de intercâmbio na região. 

Muitas agências tem filiais e/ou funcionários nas cidades em que você irá. Isso pode te ajudar. caso você queira falar com alguém de sua língua nativa quanto a resolução de problemas ou pedidos de ajuda. Vou te dizer que da minha agência não tinha nenhum por lá. Porem a agente de intercâmbio me deu seu whatsapp e conta do skype, para caso eu precisasse falar com ela.

Acredite, na minha primeira semana lá ela me mandava mensagem quase todos os dias, perguntando se estava tudo bem. Então, a dica é tenha a sensação de confiança com o seu agente, se você achar que ele(a) não estão seguros das informações, troque de agente.

4. O valor final é diferente caso pague a vista o intercâmbio?

Sempre pechinche! Ainda mais em relação a um intercâmbio que não é lá dez reais né? Não é feio e nem errado pedir desconto, na realidade é o correto a se fazer em relação a algo que é caro. Mesmo que você tenha que parcelar, pergunte se não lhe dão desconto de 15%, comece com um valor de desconto alto, para chegar no final com um desconto de 5% ou 10%. Combinado?

5. Se o meu visto for negado, o que acontece com o que eu paguei? 

Pergunta de ouro. Caso o seu visto seja negado, a agência lhe devolverá o valor integral? O reembolso será pela cotação do dia em que você pagou ou a cotação do dia em que eles irão lhe pagar?. Questione como é o procedimento padrão da agência e queira isso por escrito no contrato! Ninguém quer ter o visto negado, porem caso aconteça, você precisa já ter em mente o que fazer. Principalmente porque essa pergunta é a que você mais encontrará de reclamações sobre agências de intercâmbio na internet. Porem, não peque pela falta de informação, já saiba o que pode lhe esperar.


E é isso viajantes intercambistas. Caso vocês tenham alguma dúvida, ou queiram adicionar mais alguma pergunta a essa lista, comente aqui embaixo! Eu vou amar saber sua opinião e/ou suas novas perguntas e quem sabe isso não acabe ajudando muito mais gente?



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.